Pá no Forno em Cama de Verdes da Horta e Batatinhas ao Alecrim




Com o tempo de chuva chega a vontade de uns pratinhos bem reconfortantes. Equilibrado, leve, este é um prato que nos reconforta o paladar com aquilo que faz a diferença numa refeição: tem carne, tem legumes e tem batatinhas... perfeito. 











Ingredientes

2 tiras de Pá de Porco
8 Batatas
1 molho de Couve Galega
1 molho de Acelga
1/2 Chouriço
1/2 Cebola
3 dentes de Alho
2 colheres de chá de Pimentão Doce
2 colheres de chá de Alho em pó
1 colher de chá de Cominhos
Alecrim q.b.
Vinho branco q.b.
Gotas de Vinagre 
Sal
Azeite
Pimenta


Preparação

1. Tempere a carne com pimentão doce, alho em pó, cominhos, sal, pimenta e vinho branco. Deixe marinar pelo menos 2 horas.

2. Corte as batatas em quartos e coloque a cozer em água temperada com sal. Deixe ferver só alguns minutos para que as batatas fiquem, unicamente, macias e não demasiado cozidas. Coe e reserve.

3. Enrole as folhas da couve galega e da acelga como se fosse um charuto. Corte em tirinhas, um pouco mais grosso que para caldo verde. Leve a cozer em água temperada com sal. Logo que comece a ferver desligue o lume e coe os legumes, para que fiquem ainda estaladiços e com a sua textura característica. Reserve.

4. Coloque a carne com um pouco da marinada e um fio de azeite no forno a assar. Durante a cozedura, vá virando a carne para que fique dourada de ambos os lados e vá regando com o molho.

5. Coloque as batatas num tabuleiro com sal grosso e alecrim e leve ao forno para dourarem um pouco.

6. Num tacho coloque o alho laminado, a cebola picada e o chouriço laminado. Adicione um fio generoso de azeite. Deixe saltear um pouco e junte-lhe os legumes. Tempere com sal, pimenta e vá mexendo tudo. No final salpique com umas gotas de vinagre.

Sirva a carne cortada em pedaços sobre os legumes salteados. Regue as batatinhas com um fio de azeite e desfrute!



A Couve Galega
Esta couve de folhas é originária da região oriental, onde é cultivada há mais de 2000 anos. Há muitas variedades de couves de folhas, tanto de folha crespa como de folha lisa.
A couve-galega é uma boa fonte de ácido fólico e contém ferro; ambos são necessários para a formação dos glóbulos vermelhos. 
De todos os legumes existentes, a couve-galega é uma das fontes mais ricas em cálcio – é a mais rica em cálcio do que o leite – além do que fornece este mineral sob uma forma que é facilmente absorvida pelo organismo. Tal como as couves-de-bruxelas e os brócolos, a couve-galega possui compostos que podem bloquear a ação de alguns carcinogénios, ajudando assim a evitar o cancro. 

A Acelga
Muito apreciada por ser altamente nutritiva e por conter propriedades medicinais benéficas para a saúde, a acelga é uma vegetal folhoso cultivado em praticamente todas as zonas temperadas do mundo.
O seu sabor amargo característico é muito apreciado na culinária de diferentes culturas. Geralmente as folhas de acelga são consumidas cruas em saladas, como também refogadas ou cozidas. Quando cozidas o sabor amargo desaparece, deixando um sabor mais delicado. É um alimento muito nutritivo de baixa caloria, com uma quantidade extraordinária de Vitamina K (vitamina essencial para a coagulação sanguínea), como também contém vitamina A, C, minerais (sódio, magnésio, potássio  e ferro), fibra alimentar e proteínas. 


Espero que gostem!


15 comentários:

  1. Un plato perfecto, te felicito. Un abrazo, Clara.

    ResponderEliminar
  2. Humm que maravilha de sugestão!
    Um aspecto divinal!!
    Uma Boa Semana!

    Beijinho!
    Cláudia L.

    ResponderEliminar
  3. Que sugestão deliciosa Ricardo.
    Adoro alecrim. Acho que é a minha erva favorita!!!
    Beijinhos,
    Lia.

    ResponderEliminar
  4. Que delícia. Já almoçava!

    ______________________
    Ana Teles | blog: Telita na Cozinha

    ResponderEliminar
  5. Que bela receita!
    Beijinhos,
    http://sudelicia.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  6. Esses verdes com as batatas fazem um belo acompanhamento!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  7. Excelente sugestão :)
    Também aprecio imenso o sabor do alecrim nos assados :D
    Bjs

    ResponderEliminar
  8. Que arraso de refeição.
    Gostei do novo look do blogue.
    Beijinho :)

    ResponderEliminar
  9. Muito apetitosa e bem portuguesa!
    Kiss, Susana
    Nota: Ver o passatempo a decorrer no meu blog:
    http://tertuliadasusy.blogspot.pt/2013/10/dia-um-na-cozinha-e-escolha-do.html

    ResponderEliminar
  10. Que refeição maravilhosa! Gosto muito de alecrim, deixa um aroma fantástico :)

    Beijinhos*

    ResponderEliminar
  11. Como sempre, mais uma fantástica receita. obrigado!

    ResponderEliminar

Olá!
Obrigado por passar por este espaço e por querer partilhar algo. A sua opinião é sempre importante para manter este recanto do seu agrado.
Cumprimentos e volte sempre!