Ensopado de Raia com Tomate e Hortelã


Um pratinho leve, simples mas reconfortante para um tempo cinzento e chuvoso como o de hoje!




Ingredientes
1kg de Raia às postas
1 Cebola Grande Cortadas às Rodelas
3 Dentes de Alho laminados
1 Folha de Louro
Salsa picada q.b
2 Folhas secas de Hortelã
4 Tomates Maduros
Vinho Branco q.b.
Flor de Sal Marnoto
Pimenta


Preparação
1. Num tacho, leve ao lume o azeite, a cebola, os alhos e o louro e deixe cozinhar bem, mexendo sempre e não deixando fritar.

2. Junte o tomate aos pedaços e tempere com flor de sal e pimenta.

3. Deixe apurar e aos poucos vá juntando o vinho.

4. Quando o tomate estiver meio desfeito junte a raia e a salsa picada. Retifique os temperos e adicione um pouco de água. Deixe apurar bem.

5. Polvilhe o ensopado com a restante salsa e com as folhas secas de hortelã, esmagadas grosseiramente.

Sirva acompanhado de arroz branco.



Espero que gostem!

11 comentários:

  1. Que belo aspecto!
    Beijinhos
    http://sudelicia.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  2. Teria sido um almoço perfeito, pois o dia aqui esta chuvoso e pede comidas assim...
    bjs

    ResponderEliminar
  3. Uau..belo ensopado, adoro!
    A Madre Tereza é um exemplo a ser seguido, bela
    homenagem!

    Bjs

    ResponderEliminar
  4. Olá Ricardo,
    Que belíssimo prato este que nos trazes.
    Gostar de raia foi um gosto adquirido com a idade, pois em miúda, os meus pais comiam muito e adoravam e eu detestava, mas agora adoro e esta tua sugestão está sublime!!
    Beijinhos,
    Lia.

    ResponderEliminar
  5. Oi Ricardo,
    Ótima reflexão sobre ajuda ao próximo. Como você disse é vital estar atento ao outro.
    Também gostei de saber a origem do Dia do Irmão. Muito bem lembrado.
    Ótima postagem.
    Bj,
    Lylia

    ResponderEliminar
  6. Boa tarde, Ricardo,
    Já há algum tempo que acompanho o seu blog, é sem dúvida um dos melhores, se não o melhor de culinária, porque além das excelentes receitas, os seus "apontamentos" sobre o mundo que nos rodeia é sublime, e dar-nos a conhecer pessoas e factos tão interessantes é fundamental para quem como eu não tenho muito o hábito da leitura nem da cultura geral. Parabéns. Mas o que me levou a este comentário foi exactamente o texto que publicou da Pequena Enorme Teresa de Calcutá, é um texto lindo, como não poderia deixar de ser vindo daquele humilde mas fantástico coração, é que fiquei com dúvidas no seguinte verso: A maior protecção efectiva: O sorriso... Vai-me desculpar a dúvida mas é mesmo protecção efectiva ou afectiva? Sinceramente acho que fazem sentido as duas palavras, mas gostaria muito que me esclarecesse porque gostaria de imprimir o texto e emoldurá-lo.

    ResponderEliminar
  7. Boa tarde, Ricardo,
    Já há algum tempo que acompanho o seu blog, é sem dúvida um dos melhores, se não o melhor de culinária, porque além das excelentes receitas, os seus "apontamentos" sobre o mundo que nos rodeia é sublime, e dar-nos a conhecer pessoas e factos tão interessantes é fundamental para quem como eu não tenho muito o hábito da leitura nem da cultura geral. Parabéns. Mas o que me levou a este comentário foi exactamente o texto que publicou da Pequena Enorme Teresa de Calcutá, é um texto lindo, como não poderia deixar de ser vindo daquele humilde mas fantástico coração, é que fiquei com dúvidas no seguinte verso: A maior protecção efectiva: O sorriso... Vai-me desculpar a dúvida mas é mesmo protecção efectiva ou afectiva? Sinceramente acho que fazem sentido as duas palavras, mas gostaria muito que me esclarecesse porque gostaria de imprimir o texto e emoldurá-lo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá SWEET,

      Antes de mais, muito obrigado pelas palavras bonitas e que me alentam a continuar com este projeto. Quando à dúvida que me coloca, todos os locais onde consultei o poema aparece "efetiva", associada ao contexto de real... isto é, a maior proteção real, verdadeira.
      Espero ter ajudado!

      Cumprimentos e volte sempre!

      Eliminar
    2. UM BEIJINHO E MUITO OBRIGADA PELA ATENÇÃO.

      Eliminar

Olá!
Obrigado por passar por este espaço e por querer partilhar algo. A sua opinião é sempre importante para manter este recanto do seu agrado.
Cumprimentos e volte sempre!