Francesinha à Moda do Porto






Nada melhor que uma bela Francesinha para "esquentar" um sábado gélido e chuvoso como o de hoje.
Como um homem do Norte, não me podia orgulhar mais deste petisco que faz as maravilhas da nossa gastronomia e já foi considerada uma das melhores "sanduíches" do mundo.





Ingredientes para Francesinha (individual)
2 fatias de Pão de forma
2 fatias de Fiambre
7 fatias de Queijo
1 Linguiça (ou salsicha fresca)
2 fatias de Paio
1 Bife de Vaca

Ingredientes para o Molho (4 pessoas)
1 Sopa de Marisco
1 Sopa de Rabo de Boi
3 Cebolas médias
6 Dentes de alho
2 folhas de Louro
Salsa q.b.
Azeite q.b.
Sal q.b.
Piri-piri q.b.
Farinha tipo ”Maizena” para engrossar q.b.
2 colheres de sopa de Polpa de Tomate
1 Cerveja
1 cálice de Brandy ou whisky
1 cálice de Vinho do Porto
1 copo de Vinho Branco


Preparação da Francesinha
1. Grelhe a linguiça e o bife.

2. Torre o pão.

3. Coloque uma fatia de pão, uma fatia de fiambre, uma fatia de paio, o bife, a linguiça, a outra fatia de paio, o fiambre e por fim a segunda fatia de pão.

4. Cubra tudo com o queijo e leve ao forno a gratinar.


Preparação do Molho
1. Coloque num tacho o azeite, os alhos picados, a cebola picada, as folhas de louro, sal e salsa;

2. Deixe refogar, acrescentando um pouco de água e mexendo de vez em quando;

3. Quando começar a alourar, adicione a cerveja, a polpa de tomate, o piri-piri, as bebidas espirituosas, o vinho do Porto, o vinho de mesa;

4. Deixe ferver aproximadamente 10 minutos, mexendo de vez em quando;

5. Retire as folhas de louro;

6. Rale tudo muito bem com a varinha mágica;

7. Prepare as sopas, de marisco e rabo de boi, separadamente e de forma individual, (demora cerca de 15 minutos);

8. Acrescente as sopas ao “molho” principal;

9. Rale novamente com a varinha mágica;

10. De forma a apurar, deixe ferver 10 minutos, mexendo continuamente e sirva bem quente;

11. Se necessário, engrosse o molho com farinha tipo “Maizena”.



As francesinhas nasceram no Porto, “inventadas” na década de sessenta por um emigrante regressado de França. Ele decidiu dar um toque especial a uma receita tipicamente francesa, chamada "croque-monsieur". Esta especialidade típica é um snack muito apreciado nos restaurantes e cafés franceses.
Este iluminado homem teve a feliz ideia de improvisar e adaptar este prato aos nossos ingredientes e à nossa cultura, adicionando ao nosso paladar a magia de um molho que é a alma da receita.
Transformou um “simples” "croque-monsieur" em algo com mais alma, a transbordar de vida e de substância. Algo que qualquer português ou portuense nunca teria imaginado ser possível comer até à altura.
Depois do caldo verde, das tripas, da broa e do bacalhau à Gomes de Sá, eis então que nasce a única receita gastronómica original portuense do século XX: a Francesinha.
Este “estrondoso” prato é hoje em dia uma das mais apreciadas iguarias da cidade, e é a especialidade de vários restaurantes locais dos mais chiques aos mais populistas.

(In http://www.alunos.dcc.fc.up.pt)


Espero que gostem!

29 comentários:

  1. Tenho tantas saudades de uma bela francesinha, adoro.
    Beijocas

    ResponderEliminar
  2. Vai daqui uma vénia monumental - mais que um belo prato que convida a convívio, é uma verdadeira instituição. Um destes dias vou procurar reproduzir esta versão.

    ResponderEliminar
  3. Apesar de não ser nortenha, adoro francesinha. Nunca tive o privilégio de comer uma francesinha genuina, daquelas feitas no Porto. Já comi aqui em Portalegre, num restaurante de um casal que é do Porto. Também já fiz cá em casa e não saiu nada mal, apesar de não ter termo de comparação com as verdadeiras francesinhas. Vou experimentar a sua sugestão.
    Zezinha

    ResponderEliminar
  4. Que maravilha, para mim tem que ter ovo e batatas fritas.
    Fui espreitar o artigo do site AOL, sou da opinião que a nossa francesinha é a melhor seguida da sandes da Índia - Kati Roll.

    ResponderEliminar
  5. Ando eu com desejos de uma boa francesinha e tu a mostrar-me uma coisa destas! Já me estou a babar...
    beijinhos e bom fim de semana

    ResponderEliminar
  6. Ai Ricardo isto não se faz! Se soubesses o quanto me anda a apetecer uma :) Vou ter que tratar disso rapidamente! Esta está com um aspecto delicioso, o molho está com a cor perfeita e a julgar pelos ingredientes deve ser bem bom. beijinhos

    ResponderEliminar
  7. Também gostamos muito de francesinhas.
    Já fiz algumas receitas diferentes e gostei sempre de todas. Qual será mesmo a verdadeira? Acho que a imaginação é o limite :D

    Bjs

    ResponderEliminar
  8. Ora aqui está um prato da minha terra :) Simplesmente adoro e faço muitas vezes cá em casa (as linguiças viajam muito na mala).
    A tua está perfeita!

    beijinhos e bom fim de semana

    ResponderEliminar
  9. Ricardo, tens aqui um post complicado, pois quem é do Porto defende literalmente, que o segredo da francesinha está no molho, e tu agora colocas-te a receita do molho,...vais estragar o negócio a muitos cafés (no bom sentido da palavras),...
    Não te chateies estava a brincar contigo,...
    Adoro francesinhas,....Já foste aqui: (http://www.ladobcafe.pt/)
    Beijinhos e Feliz 2013,
    http://strawberrycandymoreira.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  10. Dei uma passadinha por aqui para lhe desejar um bom fim de semana, e me deparo com esta Delícia... Huuuuummmmm... Bateu até uma fominha.
    Beijos Márcia :)
     
    http://decolherpracolher.blogspot.com

    ResponderEliminar
  11. Não sou apreciadora, mas confesso que gostei bastante do aspecto da que mostras!

    ResponderEliminar
  12. Adoro francesinhas, não fosse eu uma tripeira de gema :D Essa tem muito bom aspecto :D

    Beijinhos e bom resto de fim-de-semana :D

    ResponderEliminar
  13. Tal como a Luisa não sou grande apreciadora... Gosto mais de aproveitar esse molhinho nuns cachorros... Mas está com um aspecto fabuloso!
    Beijinhos
    http://sudelicia.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  14. Não sou do Porto, mas adoro francesinhas! Que aspecto delicioso! Beijinhos

    ResponderEliminar
  15. Gosto muito, mas nunca comi uma no Porto, imperdoável!

    ResponderEliminar
  16. Olá.
    Adorei seu blog, suas postagens são muito bem escritas, parabéns.
    Estarei sempre por aqui.
    Até mais

    ResponderEliminar
  17. Adoro francesinhas!
    Também as costumo fazer cá em casa.
    O meu molho leva muitos dos ingredientes que usas, mas nunca fiz com a sopa de marisco, mas vou experimentar a tua versão.

    ResponderEliminar
  18. Adoro francesinha Ricardo!!
    E é um orgulho ela estar nas 10 melhores sanduiches :)
    Um beijinho.

    ResponderEliminar
  19. Olá Ricardo,
    Adoro francesinhas e esta está com um aspecto de dar água na boca!
    Beijinhos,
    Lia.

    ResponderEliminar
  20. Adoro cá em casa é o meu marido que faz.
    A tua ficou uma maravilha.
    bjs

    ResponderEliminar
  21. Gosto mto de francesinha, fizemos lá em casa um destes dias, mas não me convenceu inteiramente!!!
    Adorei o aspecto da tua :)
    beijoca

    ResponderEliminar
  22. Ricardo, esta francesinha portuguesa ficou divina.Arrasou.Beijos querido.

    ResponderEliminar
  23. Hummm... que delicia, saudades da francesinha que comia no Porto, em especial em um café perto da estação em Ermesinde, saudades muitas saudades,sou de Santa Catarina Brasil, terra do churrasco, mais a francesinha não deixa nada a desejar as melhores iguarias do mundo.Obrigada Ricardo por partilhar a receita.
    Adriana

    ResponderEliminar
  24. Alguém por aqui dá a dica do Lado B. Há novidades por aqui. O LADO B é agora detentor da marca A MELHOR FRANCESINHA DO MUNDO. Não é só o nome, não fazia sentido registar uma marca sem que houvesse razão para o registo. Nada como provar, ver mais informaçoes em https://www.facebook.com/ladob.cafe.bar

    ResponderEliminar
  25. Adoro francesinhas e vou guardar esta receita!

    ResponderEliminar
  26. Que maravilha de francesinha! Que saudades que tenho...:)
    É uma óptima ideia para um dia de chuva e frio como está aqui na Alemanha, acho que vou arranjar umas "cobaias" e pôr mãos à obra!

    Beijinho,
    Olivia

    omundopelaboca.blogspot.com

    ResponderEliminar
  27. a parte do creme de marisco é mesmo um dos segredos do molho,mas esta receita ja esta um pouco ultrapassada nao querendo com isso dizer que é má ja se faz molhos bastante mais "complicados"
    por assim dizer mais dados ao sabor e menos ao picante mais gourmet se podemos dizer assim, eu não uso rabo de boi á mais de 5 anos prefiro o bacon,chourição,fiambree um pouco de carne de vaca,outra coisa
    entre o estrugido e as carnes exprimente colocar um alho françês um pimento e uma cenoura,outra coisa nada de varinha magica deixa o molho repousar de um dia para o outro e côa,as bebidas brancas coloca-as no fim,a maizena a medida é por 10 litros 200 gramas por isso basta fazer as contas tiveres alguma duvida posso sempre ajudar ou vêm provar na confeitaria petúlia e saboreia por ti o resultado por acaso hoja mesmo fiz 20 litros dele,abraços.

    ResponderEliminar
  28. Eu gostei muito era perfgeito nao ha coisa melhor <3<3<3<3<3<3

    ResponderEliminar

Olá!
Obrigado por passar por este espaço e por querer partilhar algo. A sua opinião é sempre importante para manter este recanto do seu agrado.
Cumprimentos e volte sempre!