Pudim de Roibbos, Morango e Baunilha


O consumo da infusão de rooibos está bastante difundido na África do Sul há muitas gerações e tem conquistado espaço em muitos países nas últimas duas décadas.
Aqui, na forma deste pudim, também nos conquistou!





Ingredientes
395g de Leite Condensado Magro
1 Infusão de Roibbos, Morango e Baunilha
4 Ovos
Caramelo q.b.


Preparação
1. Ferva água e faça a infusão de roibbos, morango e baunilha durante 5 minutos.

2. Num recipiente coloque o leite condensado, a medida do leite mas da infusão, os ovos e bata tudo muito bem.

3. Caramelize uma forma de pudim e verta para a mesma o preparado.

4. Leve a cozer na panela de pressão (com água até 3/4 a forma) durante 18 minutos.

5. Deixe arrefecer e desenforme.

Sirva frio.



Rooibos, Afrikaans para "arbusto vermelho", nome científico Aspalathus linearis, é um arbusto membro da família das leguminosas. A planta é usada para fazer uma infusão (chá).

O rooibos é cultivado apenas numa pequena área no Cedarberg da província do Cabo Ocidental na África do Sul. Geralmente as folhas são oxidadas em processo referido frequentemente, embora de maneira incorreta, como fermentação, por semelhança com a terminologia da produção do chá preto. Esse processo gera a distintiva coloração vermelho-marrom do rooibos e amplifica o sabor. O rooibos "verde" não oxidado também é produzido, mas, como é processo mais complicado (similar ao método de obtenção do chá verde), faz com que esse produto seja mais caro que o rooibos tradicional.
O rooibos tem-se tornado popular nos países do hemisfério ocidental particularmente entre os consumidores preocupados com a saúde, devido ao alto nível de antioxidantes como aspalatina e notofagina, por não conter cafeína, e por seus baixos níveis de tanino, comparados com aqueles do chá preto tostado ou do chá verde.

O rooibos é considerado como coadjuvante em casos de tensão nervosa, alergias e problemas digestivos.
Os usos medicinais tradicionais do rooibos na África do Sul incluem-no como remédio para cólicas infantis, alergias e problemas dermatológicos e de asma.
O rooibos "verde" tem maior valência como antioxidante do que o rooibos tostado (oxidado).

Espero que gostem!

9 comentários:

  1. Não fazia ideia da história do lápis, obrigada pela partilha! :D

    Esse pudim parece delicioso :D

    Beijinhos e tem um óptimo fim-de-semana! :)

    ResponderEliminar
  2. O pudim tem um aspecto delicioso. O roibbos já o conhecia mas nunca o tinha utilizado nunca sobremesa - óptima ideia! Vou experimentar.

    ResponderEliminar
  3. Parece delicioso, fiquei curiosa pra conhecer essa erva!
    Bjs
    Mel

    ResponderEliminar
  4. Adoro chá de roibbos! Esse pudim deve ser maravilhoso...
    Beijinhos e um bom fim de semana :)

    ResponderEliminar
  5. Um pudim saboroso e amigo da Saúde.
    beijinhos e bom fim-de-semana.

    ResponderEliminar
  6. Que óptima sugestão!
    Beijinhos
    http://sudelicia.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  7. Que pudim fabuloso e lindo!!
    Beijinhos grandes,
    Lia.

    ResponderEliminar

Olá!
Obrigado por passar por este espaço e por querer partilhar algo. A sua opinião é sempre importante para manter este recanto do seu agrado.
Cumprimentos e volte sempre!