Mini Fogaças de Sta. Maria da Feira





Santa Maria da Feira há-de sempre significar, para nós, Fogaças e Feira Medieval. Ora, como dá muito trabalho organizar uma feira medieval, decidimos fazer Fogaças. Quero dizer: Mini Fogaças... Cozinha perfumada, estômago reconfortado!












Ingredientes

200ml de Leite morno
2 Ovos
1 colher de sopa de Vinho do Porto (não faz parte da receita original)
100g de Açúcar
1 colher de chá de Sal
50g de Manteiga
600g de Farinha
40g de Fermento de Padeiro 
1 colher de chá de canela Suldouro
Raspa de 1 Limão


Preparação

1. Coloque todos os ingredientes pela ordem indicada na MFP. Escolha o programa Massa (ou Amassar) e deixe a máquina fazer o que lhe compete.

2. No fim do programa amassar, retire a massa para uma bancada polvilhada com farinha.

3. Divida a massa em 9 partes iguais. Molde pequenos rolos, semelhantes a serpentes, mais espessos de um dos lados.

4. De seguida espalme os rolos com a mão formando várias tiras, que se começam a enrolar, individualmente, pelo lado mais largo, formando uma pirâmide.

5. Forre um tabuleiro com papel vegetal e vá colocando sobre o mesmo as várias fogaças. Leve a local quente e deixe crescer (entre 30 minutos e 1 hora).

6. Pré-aqueça o forno a 200ºC.

7. Pincele as fogaças com um ovo batido e, com uma tesoura, dê 4 golpes no topo das pirâmides de que resultarão as "torres do castelo".

8. Leve ao forno durante 15 a 20 minutos. Esteja atento pois cozem rapidamente.



A origem da Fogaça da Feira remonta a 1505, altura em que a população fez um voto a S. Sebastião. Se a peste não voltasse a assolar as gentes feirenses, todos os anos se faria uma festa durante a qual seria ofertado ao Santo o pão doce baptizado de Fogaça. E assim foi, é e... será.
A Festa das Fogaceiras, realizada a 20 de Janeiro, consiste numa Missa, durante a qual é oferecido o pão doce. Segue-se a procissão que percorre as ruas do centro histórico da Cidade. A particularidade é que as Fogaças são seguradas por crianças, vestidas de branco, simbolizando a pureza. A promessa a S. Sebastião, ainda hoje, constitui uma referência histórica e cultural para o concelho de Santa Maria da Feira.
Confeccionada com açúcar, ovos, manteiga, farinha, canela, fermento de padeiro, sal e limão, o segredo da Fogaça está, segundo os seus produtores, na forma como a sua massa é trabalhada e na temperatura ideal para a cozedura. Seguindo estes passos, a Fogaça apresenta-se solta, fofa e leve no seu interior.
Em 2002, foi criada a Confraria da Fogaça da Feira com o intuito de preservar e difundir a identidade e autenticidade do doce comercializado durante todo o ano.
Manda a tradição que, por ocasião da Festa, os feirenses enviem fogaças aos familiares e amigos que se encontram longe.

Espero que gostem!


8 comentários:

  1. ai que fogaças tão lindonas, devem ser deliciosas.
    agora para o pequeno almoço já comi. ;)
    beijocas doces.

    ResponderEliminar
  2. Adorei esta receita tão típica aí da região e cheia de história.
    Já a guardei para experimentar.
    Um abraço.
    Patrícia

    ResponderEliminar
  3. No Museu Vivo da Fograça as de chocolate também têm a sua piada.

    ResponderEliminar
  4. Acabei de ser seguidora, pois nunca provei fogaças, mas o seu aspeto dá vontade de comer já. Por isso vou ter de fazer, não tenho é máquina de fazer pão, mas tenho uma Bimby com o programa amassar. Quanto tempo deve de amassar?
    Obrigada.
    Já agora deixo o link do meu blog para que possa espreitar e apreciar quem sabe: http://teresadeodatotudoaolho.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  5. Tornei me seguidora agora pois adorei o aspeto destas fogaças. Nunca provei, mas dá vontade de comer já, por isso vou ter de fazer. Não tenho é máquina de fazer pão, mas tenho uma Bimby que tem o programa amassar. Quanto tempo precisa de amassar?
    Obrigada.
    Já agora deixo o link do meu blog para que possa espreitar e quem sabe apreciar: http://teresadeodatotudoaolho.blogspot.pt/

    ResponderEliminar

Olá!
Obrigado por passar por este espaço e por querer partilhar algo. A sua opinião é sempre importante para manter este recanto do seu agrado.
Cumprimentos e volte sempre!